You need to upgrade your Flash Player to version 10 or newer.

Participação no Caderno Técnico de Marketing e Comunicação para Transportes

Durante o 19º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito e VIII INTRANS – Exposição Internacional de Transporte e Trânsito, que ocorreu nos dias 08 a 10 de outubro de 2013, em Brasília, foi lançado o Caderno Técnico de Marketing e Comunicação, com foco específico para o setor de Transportes, tive a honra de contribuir, junto com o Professor e Publicitário Rodrigo Magalhães, na confecção do Capitulo 2 – Conceitos e Análise dos Cenários de aplicação do Marketing.

 

Publicado em Roberto Sganzerla
Com a tag , , ,
Comentários desativados

Prêmio Internacional no Setor de Transporte em Genebra – SUÍÇA

Durante o 60º Congresso Mundial de Transportes da UITP que aconteceu em Genebra na SUÍÇA entre os dias 26-30 de maio, no dia 28 houve a Sessão da Divisão da América Latina e fomos convidados pela UITP para ser o “Chair” e moderador da Sessão Latina Americana. Iniciamos os trabalhos com o auditório repleto de representantes do setor de transportes de toda a América Latina e de muitos outros países. Fizemos a palestra de abertura da Sessão falando sobre o tema “ A Era dos Valores – Nunca houve um tempo tão propício para a promoção do transporte coletivo como agora”. Depois conduzimos ao palco 4 palestrantes, sendo dois de Brasileiros, um Argentino e um Chileno.

Em seguida se deu início a premiação Grow With Public Transport – Latin America Award 2013 (Crescer com o Transporte Público – Prêmio América Latina 2013), com a presença do Presidente Mundial da UITP – Mr. Ousmane Thian entre os demais membros do Corpo Executivo da Divisão América Latina.

O CONSÓRCIO METROPOLITANO DE TRANSPORTES – AUTOPASS (Brasil), com o projeto “Implementando o Sistema de Bilhetagem Eletrônica de Transporte Coletivo – Cartão BOM, usado em São Paulo e em sua Região Metropolitana”, estava entre os finalistas na categoria regional Latin America Award 2013, que foi selecionado entre os mais de 270 projetos enviados, por mais de 50 países em diversas regiões do mundo.

E temos a satisfação de anunciar que o CMT/ AUTOPASS foi o vencedor do prêmio Grow With Public Transport – Latin America Award 2013 na categoria BEST Business Model Innovation.

Recebemos das mãos do Presidente Mundial da UITP – Mr. Ousmane Thian, e do Vice Presidente da UITP Latin América – Sr. Joubert Flores, diante de um grande auditório, o referido troféu que levamos com muito orgulho para o Brasil.

Publicado em Roberto Sganzerla
Com a tag , , , , ,
Deixar um comentário

Case Cartão BOM nas Mídias Sociais

Hoje é praticamente impossível ignorar a importância e a presença marcante que tem as redes sociais não apenas na vida dos cidadãos comuns, mas também de empresas, escolas e outras instituições.

As mídias sociais fazem parte de uma revolução poderosa, influenciam decisões, perpetuam ou destroem marcas e elegem presidentes. Isto nos leva a concluir que não há como não contemplarmos as “mídias sociais” em nosso planejamento de comunicação.

Cremos também que não basta “estar” nas mídias sociais, mas “estar estrategicamente”, com responsabilidade e presença efetiva.

Um exemplo disto é o Cartão BOM, que vem buscando proporcionar conteúdo relevante e interação social nas principais mídias sociais. Veja o vídeo que foi apresentado no Workshop Social Media in Public Transport: The closest dialogue with our customers? Realizado em Michelin, na Bélgica, no dia 7 de março de 2013, que mostra a trajetória do cartão BOM na Mídias Sociais.

Publicado em Roberto Sganzerla
Com a tag , , ,
Deixar um comentário

Presença nas redes sociais deve ser útil aos usuários de transporte

Na 26ª edição do Seminário Nacional da NTU, especialistas alertam para a importância das mídias sociais.

“A presença em redes sociais deve ser primeiro útil. Não basta falar apenas sobre seu próprio serviço”. O alerta é do consultor e especialista em comunicação digital, Gil Giardelli, um dos responsáveis por discutir o tema “A Mobilidade Urbana nas Mídias Sociais”, no 26º Seminário Nacional da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU).

Roberto Sganzerla fala sobre novo perfil do consumidor

Com inúmeros exemplos de como ideias criativas podem ser interessantes ao cidadão, Giardelli trouxe aos participantes alguns dados importantes sobre como deve ser a presença online. De acordo com o especialista, que também é professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), em 2014, 91% do conteúdo da web será em formato de vídeos. “Serve como dica essa informação. Já foi constatado que as pessoas se conectam em redes através da proximidade geográfica. A indústria de vocês é a maior construtora de redes do último século”, disse.

No mesmo sentido, destacando a grande oportunidade vivida pelo setor de transporte urbano, o especialista em marketing de transportes, Roberto Sganzerla, falou sobre a forma como os usuários esperam ser tratados. “Até 1990, vivemos a era do produto. O produto era mais importante do que as pessoas. Em 1990, passamos para a era do cliente, onde a regra de ouro era: o cliente é quem manda. A partir de 2005, estamos testemunhando o surgimento do marketing 3.0, vivendo a Era dos Valores. Ao invés de tratarmos as pessoas como simples consumidores, devemos tratá-las como seres humanos plenos: com mente, coração e espírito”, disse.

Como exemplo do tipo de informação que os passageiros esperam encontrar nas redes sociais, Sganzerla citou o caso do BOM (Bilhete Ônibus Metropolitano), cartão eletrônico que opera nas linhas de ônibus intermunicipais de 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com ele, a base do conteúdo da empresa nos perfis do Facebook, Twitter, é sobre programas culturais, dicas de esporte, novidades sobre cursos e palestras. “São mais de 20 mil fãs no Facebook A empresa já está desenvolvendo um sistema de consulta de saldo no cartão de bilhetagem eletrônica por meio de um aplicativo no Facebook, com segurança de internet banking”, citou.

Além do case do cartão BOM, a sócia e gerente de Comunicação da empresa Viação Paraty, Luciana Herszkowicz, apresentou um passo a passo sobre a entrada da companhia no universo online. A Paraty está há 30 anos no mercado, mas há apenas 20 dias iniciou seus canais nas redes sociais. “Queremos destacar a empresa como inovadora no segmento. Além de uma campanha externa para falar sobre nossa entrada nas redes sociais, começamos uma Lan House dentro da empresa, para que o nosso funcionário possa ter acesso à internet”, destacou.

A assessora de Comunicação do Setransp/AJU, Alessandra Franco, e Sara Bonenkamp, representante da SBCTrans, também descreveram suas experiências com as mídias sociais. No caso da SBCTrans, a empresa conseguiu mais de seis mil fãs no Facebook em apenas três meses de atuação.

Jacy Diello

Agência CNT de Notícias

Publicado em Roberto Sganzerla
Com a tag , , , ,
Deixar um comentário

Motorista de ônibus é considerada profissão ecológica pela OIT

Recomendo a leitura deste pequeno o artigo escrito pelo amigo Adamo Bazani (jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes), que lança um olhar inovador para a função de MOTORISTA DE ÔNIBUS como uma Profissão Verde, conforme classificação da OIT – ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO, tema oportuno em tempos de RIO+20.

Roberto Sganzerla

Motorista de ônibus é considerada profissão ecológica pela OIT
Transportes coletivos, além de combaterem a poluição do ar, gerem empregos formais, renda e impostos que financiam o desenvolvimento sustentado, de acordo com Organização Internacional do Trabalho

ADAMO BAZANI – CBN

Quando você vir da próxima vez um motorista de ônibus em trabalho, não o encare apenas como um profissional do volante, mas sim como um agente em prol da melhoria do meio ambiente.
É assim que é vista a profissão pela OIT – Organização Internacional do Trabalho.
Para a OIT toda a ocupação que ajuda a reduzir os impactos sobre a natureza pode ser considerada “profissão verde”.
O órgão considera o motorista de ônibus como um destes profissionais pelo fato de o transporte público ser uma das soluções para os problemas de poluição atmosférica pelo excesso de veículos particulares nas ruas que não só reduz a qualidade de vida nas cidades, mas que também ocasiona a morte de pelo menos sete mil pessoas por ano só numa metrópole como São Paulo, de acordo com a USP – Universidade de São Paulo.
O alerta é de Paulo Mouçouçah, coordenador do Programa de Trabalho Decente e empregos do escritório do OIT – Organização Internacional do Trabalho no Brasil.
A classificação dos empregos verdes vem no sentido da Rio + 20, conferência mundial sobre meio ambiente.
Muito mais que desmantamento, poluição ou emissão de gases, os objetivos principais da conferência são discutir formas de criar uma economia sustentável, ou seja, estimular setores que produzem desenvolvimento e que ao mesmo tempo preservem o meio ambiente.
E o setor de transportes públicos é um deles.
Além de motoristas de ônibus, todas as profissões ligadas aos transportes públicos são consideradas como as que fazem partem da cadeia produtiva da economia sustentável.

TRANSPORTE COLETIVO É O SETOR COM UMA DAS MAIORES REPRESENTATIVIDADES EM NÍVEL DE EMPREGO:

Dados da OIT de 2010 mostram que no Brasil existem aproximadamente 2,9 milhões de “profissionais-verdes”. Destes, apenas 6,6% estão no mercado formal, com registro em carteira e maior recolhimento de impostos.
O setor de transportes, em especial o coletivo de passageiros, responde por 857 mil destas vagas, um dos maiores índices de ocupação formal.
Ou seja, além de ajudar a reduzir as emissões de poluição, o setor de transporte coletivo gera desenvolvimento para o País e as demais áreas por ser um dos que mais contribuem com impostos que financiam diversos setores, como saúde e educação, segundo a Organização Internacional do Trabalho.
No caso da saúde, há ganhos acumulados. As empresas de transportes coletivos auxiliam no combate a poluição ao tirar veículos das ruas, o que diminui os gastos com a saúde. Além disso, é um dos que mais contribuem com impostos para os gastos em saúde que ainda existem e que muitas vezes são gerados pela poluição ocasionada pelo uso desenfreado do carro particular.
Depois dos transportes coletivos, há outros setores importantes em números na geração de emprego e renda, com respeito ao meio ambiente, de acordo com relatório da OIT no Brasil.
- Transportes coletivos e alternativos aos individuais: 857 mil postos de trabalho
- Geração e distribuição de energia renovável: 580 mil vagas.
- Manutenção e recuperação de materiais: 498 mil vagas
- Telecomunicações e teleatendimento (que reduz os deslocamentos nas cidades): 485 mil vagas
- Saneamento e gestão de resíduos: 335 mil empregos.
- Produção e manejo ambiental: 194 mil postos.
A economia verde não só vai ajudar no combate aos impactos negativos ao meio ambiente, mas na luta pela erradicação da miséria.
Para todo o mundo, relatório da OIT feito em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Organização Internacional de Empregadores (OIE) e a Confederação Sindical Internacional (CSI), aponta que essa transição para uma economia mais verde pode gerar entre 15 e 60 milhões de novos empregos nos próximos vinte anos, tirando de fato pessoas da miséria, sem assistencialismo.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Publicado em Roberto Sganzerla
Deixar um comentário

O marketing não substitui um serviço de alta qualidade

Por exemplo, não é suficiente que uma estação (transporte coletivo) limpa e bem iluminada ajude os passageiros a se sentirem seguros, a estação precisa ser realmente segura. O marketing é potente quando promove algo que realmente existe.

Pesquisas mostram que os passageiros são persuadidos primordialmente através da percepção de seis fatores:

1-     Confiabilidade

2-     Serviços frequentes

3-     Segurança

4-     Longa duração do serviço

5-     Segurança nas estações

6-     Custo

Se o seu serviço puder oferecer com sucesso estes fatores, você tem um bom ponto de partida. Mas isso não é o suficiente. Lembre-se, faça algo bom e conte para as pessoas. Isso é bom marketing.

“Em geral, um potencial interessado em nosso mercado alvo precisa ser expostos à sua mensagem sete vezes até que ele ou ela comece a prestar atenção” – Belynda Johnson, “Modern Transit Marketing III: How to Make it Work”

Referência: EMBARQ Brasil. “De cá para lá: Um guia criativo de marketing BRT para atrair e cativar usuários.”

Publicado em Roberto Sganzerla
Com a tag ,
Deixar um comentário

CONHEÇA O PROJETO DE RECONHECIMENTO INTERNACIONAL E EXEMPLO EM MOBILIDADE PÚBLICA

Publicado em Roberto Sganzerla
Deixar um comentário

Cartão BOM apresenta novidades em evento da NTU

O BOM – Bilhete Ônibus Metropolitano esteve presente na 25ª edição do Seminário Nacional da NTU – Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, realizada em agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. A Promobom Autopass, empresa responsável pela operação dos mais de três milhões de cartões BOM em circulação, montou um estande na Feira Transpúblico, desta vez de 120m2, construído em formato de lounge, de forma a proporcionar um ambiente agradável e ao mesmo tempo de caráter institucional.

O espaço foi montado estrategicamente próximo ao auditório da NTU, onde aconteceram as palestras técnicas. No local foram apresentadas algumas novidades do Bilhete Ônibus Metropolitano, que em breve também será aceito nos trens do Metrô, CPTM e no corredor Metra,  que liga São Mateus a Jabaquara e na sua extensão Diadema / Brooklin.  A iniciativa vai possibilitar a integração física entre os sistemas, o que facilitará aos usuários o acesso às estações e às linhas metropolitanas com apenas um cartão. Outra inovação é que o BOM também está presente em todas as mídias sociais.

“Sempre que a Transpúblico é a realizada em São Paulo, a cada dois anos, o cartão BOM prestigia o evento se fazendo presente com seu estande institucional”, afirma o assessor de comunicação e marketing do Conselho Diretor da Autopass, Roberto Sganzerla. “Este ano foi, sem dúvida, a melhor edição em todos os sentidos: presença de público e grandes empresas apresentando produtos e serviços inovadores em seus estandes. Foi uma boa oportunidade para estreitarmos o relacionamento com as empresas que atuam no setor e com o poder público”, destacou.

Publicado em Roberto Sganzerla
Com a tag , ,
Deixar um comentário